Carrier Ethernet 2.0

Bob Metcalfe, o inventor do Ethernet e Director Consultivo da MEF, anunciou o lançamento do Carrier Ethernet  2.0 (CE 2.0), que se caracteriza por três recursos poderosos e padronizados: Múltiplas Classes de Serviço (Multi-CoS), interconectáveis e gerenciáveis, a habilitar o fornecimento de aplicações diferenciadas em redes globalmente gerenciadas e interconectadas.  O CE 2.0 é uma geração mais avançada de serviços de Ethernet padronizados fornecidos em uma rede com provedor único definidos a partir de agora como Carrier Ethernet 1.0 (CE 1.0).

"Muitas 'novas Ethernets' nasceram desde seu humilde começo com 2,94 Mbps em Palo Alto", disse Metcalfe, "já se passou mais de uma década desde que a Ethernet se aventurou para a rede de área ampla e 7 anos desde que definimos as primeiras redes e serviços do tipo Carrier que são conhecidos como Carrier Ethernet.  Assim como o navegador de internet revolucionou a eficiência e a usabilidade da Internet, o CE 2.0 está em posição de revolucionar a eficiência e a usabilidade do "Fornecimento de Serviço de Ethernet".

O CE 2.0 se expande enormemente de 3 serviços do CE 1.0 para 8 serviços, 2, respectivamente, para cada E-Line, E-LAN, E-Tree e E-Acess, assim como definido nas Especificações de Serviço MEF e nos Acordos de Implementação (MEF 6.1, 6.1.1, 22.1, 33). Além disso, o CE 2.0 contém características de serviço poderosas de Multi-CoS com novas padronizações com Objectivos de Desempenho, Interconexão e Gerenciabilidade, por meio do fornecimento integrado dos Atributos de Serviço da MEF (MEF 10.2, 10.2.1, 26.1), Acordos de Implementação (MEF 13, 20, 23.1) e Especificações Gerenciais (MEF 7.1, 16, 17, 30, 31).

"A aprovação das especificações chave MEF e dos acordos de implementação em 2012 marca o ponto de virada para que essa nova geração de serviços e redes possam ser implementadas e dispostas de forma confiável como um novo padrão da indústria" disse Nan Chen, Presidente e Fundador da MEF. "O CE 2.0 fornece uma nova dimensão para o crescimento e prosperidade da indústria."

O CE 2.0 agrega valores significantes para interessados em todo o mundo: empresas, pequenos/médios negócios, fornecedores de varejo/atacado, operadoras de celulares e fabricantes de equipamentos de rede.

"Para a Empresa, o CE 2.0 significará níveis mais consistentes de desempenho e SLA associados independente da localização do escritório; ele também permitirá que as empresas entrem em contato de forma mais eficiente com seus escritórios em uma base global". disse Mike Volgende, Presidente do Conselho da MEF e Director de Gerência de Processos de Negócios na Verizon. 
"Para os pequenos/médios negócios", aumentará a disponibilidade de capacidades tais como serviços hospedados e de Internet em uma única conexão Carrier Ethernet, com um SLA mais alto para os serviços hospedados".

Para fabricantes de equipamentos de rede, significa mais mercados e oportunidades adicionais, aumentando as já boas vendas dos equipamentos Carrier Ethernet." disse Phil Tilley, Co-Presidente do Comitê de Marketing Global da MEF, Director do Portfólio de Estratégia da Alcatel-Lucent.
"Para operadores de telefonia móvel, significa um alicerce para mais eficiência e econômia por meio da implementação de objetivos de desempenho Multi-CoS específico para transferência móvel de dados, sincronização com base em redes e pacotes, desempenho resiliente e serviço de gerenciamento de falhas OAM".

"Para os fornecedores no varejo, significa que eles poderão expandir sua marca globalmente de forma mais eficiente; também significa a garantia de certos critérios de desempenho tanto dentro quanto fora da rede." disse Carlos Benavides, Co-Presidente do Comitê de Marketing Global da MEF, Gerente do Grupo Verizon para a Estratégia de Acessos.
"Para os fornecedores no atacado, significa uma maior receita por meio de uma marca de atacado mais forte; também significa um desempenho padronizado que deve ser fornecido para a rede de acesso."
"O CE 2.0 ressalta o compromisso da MEF com o avanço da indústria e com a promoção cada vez maior da adopção global de serviços de Ethernet por meio de uma nova geração de padrões", disse Karen Schmidt, Membro do Conselho MEF, Directora Executiva de Gerenciamento de Produtos de Dados e Estratégia em Serviços de Negócios da Comcast.  "A Comcast apoiou por muito tempo a padronização do Carrier Ethernet e estamos ansiosos para trabalhar com a MEF no CE 2.0 e pelos benefícios que ele trará para nossos consumidores do mercado-intermediário."

"Estamos satisfeitos com os mais recentes avanços do Carrier Ethernet no Multi-CoS, Interconectável e Gerenciável". disse Huiling Zhao, Director Conselheiro da MEF, Vice-Presidente da China Telecom.  "Estamos a prever um imenso potencial para o CE 2.0 no rápido crescimento do Mercado de Ethernet na China, nas transferências móveis de dados, negócios e serviços em nuvem."

"O programa de Certificação da MEF foi mais longe do que apenas verificar a conformidade, estabeleceu um padrão para os serviços fornecidos. Conforme o CE 2.0 for introduzido, a Certificação MEF desempenhará novamente um papel vital no fornecimento de velocidade, criando uma linha de base confiável e estabelecendo um reconhecimento apropriado para aqueles que levarem os benefícios do CE 2.0 para o mercado, especialmente para o usuário final", explicou Eric Puetz, Co-Presidente do Comitê de Certificação da MEF, Director de Padrões de Banda Larga, Acesso e Transporte da AT&T. "A Certificação do CE 2.0 em breve estará disponível para os membros da MEF".

"O Carrier Ethernet traça uma forma e um roteiro para nossos esforços e desenvolvimento na MEF e para toda a indústria do Carrier Ethernet".  Stated Nan Chen, Fundador e Presidente da MEF. "A futura geração de redes e serviços será voltada para um fornecimento de serviço ainda mais simples e automatizado.  Contudo, por agora e pelo futuro previsível, o CE 2.0, as redes e serviços de gerações mais avançadas com o Multi-CoS, Interconectável e Gerenciável, fornecendo mais de 8 serviços de Ethernet, estão em posição de agregar um valor sem igual para todos os interessados e alterar toda essa indústria, mais uma vez".